Panteão Nórdico

 


Além de Njord e Mimir, que representavam o mar próximo à terra e a força do oceano primordial, os povos nórdicos reverenciavam o regente das águas profundas dos mares, chamado Aegir, ou Hler, cujo poder tanto podia beneficiar, quanto prejudicar os seres humanos. Semelhante ao deus grego Posídon, ele controlava os ventos e as ondas e aparecia nos...

Pouco mencionada nos mitos, Thrud é conhecida através das Kennings (metáforas) como, por exemplo, "o pai de Thrud" designando Thor ou o "raptor de Thrud" para o gigante Hrugnir. O rapto de Thrud aparece apenas em um poema escrito antes da conversão e explica a razão do duelo entre Hrugnir e Thor. Mais detalhado é o mito sobre seu pretendente,...

Conta-se que Hjõrdis deu à luz um filho, e o menino foi criado pelo rei Hjalprek. O rei rejubilou-se ao ver seus olhos brilhantes; disse que ninguém seria jamais como ele, nem sequer de valor comparável. A criança foi aspergida com água e recebeu o nome de Sigurd. Todos diziam o mesmo sobre ele: em robustez e estatura não tinha...

Nas fontes escritas Freyr era descrito como o soberano da abundância e da prosperidade. De acordo com Adam von Bremen, a sua imagem no templo de Uppsala era fálica e ele era invocado nos casamentos para conferir paz e fertilidade. Na descrição de Saxo Grammaticus do festival Fròblod dedicado a Freyr, eram incluídos sacrifícios humanos e nos seus...

Nas lendas da Alemanha, Áustria e Suíça encontramos reminiscências dessa antiga deusa, que, junto com sua equivalente - ou irmã - Holda, foi ridicularizada com a caricatura da bruxa feia e malvada, voando sobre uma vassoura. Enquanto o mito e os atributos de Holda foram preservados, Berchta ficou conhecida apenas como a Senhora Branca ou a Mulher...

Sunna era a personificaçao divina da luz solar, venerada pelos povos nórdicos como doadora da vida e cujos símbolos - a roda solar e os círculos concêntricos - foram encontrados em inúmeras inscrições rupestres originárias da era Neolítica e da Idade do Bronze. Apesar da importância dos cultos e mitos solares nas antigas sociedades nórdicas,...

Conta-se que os gigantes - do gelo, neve, frio, rochas e fogo - eram descendentes de Fornjotnar, equiparado com Ymir, que teve três filhos: Hier (o mar), Kari (o ar) e Loge (o fogo), formando a primeira e mais antiga tríade. Seus respectivos descendentes eram os gigantes: do oceano, Mimir, Gjmir, Grendel; das tempestades, Thiassi, Thrym, Beli; e os...

Filho de Odin e da giganta Grid (que aparece auxiliando Thor na sua jornada ao reino do gigante Geirrod), Vidar era conhecido como o "deus silencioso e vingador". O silêncio é atribuído por alguns autores a um compromisso ritualístico ou a uma abstinência ritualística associada com intenções de vingança, semelhante ao comportamento de Vali, que se...

As histórias da Lagertha "real" podem ser encontradas no livro Gesta Danorum, de Saxo, um cronista do século XII. Contudo, é preciso ressaltar mais uma vez as aspas que envolvem a veracidade de sua história. Muitos historiadores atuais contestam se os relatos de Saxo sobre Lagertha são reais. A teoria mais aceita é que seja uma personagem fictícia...