Panteão Greco/Romano


De alma violenta, Equidna tinha o corpo metade mulher, com um belíssimos olhos e um rosto lindo, a outra metade era uma enorme serpente. Vivia nas profundezas da terra, numa caverna, distante dos deuses e dos homens. Outras tradições dizem que tinha morada no Peloponeso e divergem bastante quanto à sua origem, mas segundo Hesíodo, era filha de...

Monstro feminino, com o rosto e, por vezes, seios de mulher, peito, patas e cauda de leão e dotado de asas. A Esfinge figura sobretudo no mito de Édipo e no ciclo tebano. Este monstro fora enviado por Hera, a protetora dos amores legítimos, contra Tebas, para punir a cidade do crime de Laio, que raptara Crisipo, filho de Pélops,...

Selene, a Deusa da Lua, representa verdadeiramente a própria lua para os gregos. Selene geralmente é relacionada à deusa Ártemis, que também é uma deusa da lua. Ambas têm associação com Hécate. Apesar disso, Selene é por vezes tida como apenas outro nome para Ártemis, o que não é verdade. Ela é uma das três faces da...

O mais belo entre os deuses imortais, segundo Hesíodo, Eros dilacera os membros e transtorna o juízo dos deuses e dos homens. Dotado de uma natureza vária e mutável, o mito do deus do amor evoluiu muito, desde a era arcaica até a época alexandrina e romana, isto é, do século IX a.e.c., ao século VI d.e.c. Nas mais...

Geia é a terra, concebida como elemento primordial e deusa cósmica, diferenciando-se assim, teoricamente, de Deméter, a terra cultivada. Geia se opõe, simbolicamente, como princípio passivo ao princípio ativo; como aspecto feminino ao masculino da manifestação; como obscuridade, fixação e condensação à natureza sutil e volátil, isto é à dissolução....

Hemera era a personificação do dia, uma divindade (ser primordial) feminina filha de Erebus e Nyx, os deuses da noite e da escuridão. Ela era a guardiã das fronteiras, entre o mundo onde chegava a luz e o mundo das sombras. Nascida junto de Ether - a luz celestial e das Hespérides - o entardecer, do romance com seu irmão...

Caronte, filho de Érebo e Nix, era um deus velho mas imortal. A sua função era transportar para além do Estige e do Aqueronte as sombras dos mortos em uma barca estreita, feia e de cor fúnebre.

Enéias era filho de Anquises e Vênus (Afrodite). Primo do rei Príamo de Tróia e líder dos aliados dardânios que auxiliaram a cidade na Guerra de Tróia. Depois da queda desta cidade, ele liderou um grupo de refugiados para a Itália e se tornou fundador da cultura romana (mas não da cidade de Roma em si). Na mitologia ele foi...

Diomedes, que em grego significa astúcia divina ou aconselhado pelo deuses, foi considerado o segundo herói grego mais valente da Guerra de Tróia tendo sido o melhor amigo de Ulisses. Filho de Tideu e Deipyle, ele foi um dos epígonos e se tornou Rei de Argos sucedendo seu avô materno Adastro.