Shakinah - A Presença de Deus no Mundo

01/12/2019

Shekinah (nome derivado da palavra hebraica que significa presença) representa o rosto feminino de Deus no Judaísmo. Shekinah é a presença de Deus no mundo e é a glória de Deus que habita o primeiro templo de Jerusalém. Ela conduziu os israelitas no êxodo do Egito, protegeu Moisés e tornou-se sua noiva, aparecendo no bosque em chamas. Deus salvou Moisés do Anjo da Morte e assim Shekinah tomou a sua alma com um beijo.

A palavra shekinah tem várias grafias, entre elas, shekiná, shechina e shekina. De acordo com o dicionário Hebraico-Português, o verbo hebraico "shachan" se traduz por habitar ou morar, como também, a palavra "shikan", se traduz por alojar ou instalar. As duas palavras possuem a mesma raiz da palavra shekinah, que significa "Divina Presença" ou "em quem Jeová habita".

Shekinah é uma palavra que aparece com frequência na Bíblia hebraica, indicando a presença de Deus. Muitos cristãos também consideram que a palavra Shekinah é referenciada também no Novo Testamento, em diversos textos, com representação simbólica da presença divina habitando no meio do povo.

Muitas vezes Shekinah é representada pela nuvem, como é possível verificar na passagem Êxodo 40:35: "Moisés não pôde entrar na tenda da reunião, porque a nuvem tinha pousado sobre ela e a glória de Javé enchia o santuário". Muitas vezes é representada pela "Glória Divina que habitava a terra" como no Salmo 85: 8,9: "Vou escutar o que diz Javé: Deus anuncia a paz ao seu povo e seus fiéis, e aos que se convertem de coração. A salvação está próxima dos que o temem, e a glória habitará em nossa terra".

Fontes: templodeapolo, significados.com.br, wikipedia