O Pênis Gigante de Ataíde

13/12/2019

A Lenda do Ataíde é oriunda de Bragança, no nordeste do Pará, um dos municípios da chamada Amazônia Atlântica, onde ainda há grande extensão de manguezais.

Trata-se de um ser mitológico masculino dotado de um pênis tão grande, que chega a se enrolar no próprio pescoço, de acordo com as narrativas orais ainda hoje contadas naquela região.

Segundo a lenda, Ataíde é uma entidade protetora dos manguezais e pode ser encontrada em relatos desde a Vigia até Vizeu, por todo o litoral paraense, embora seja mais frequente em Bragança.

No imaginário ribeirinho, Ataíde tem mais de dois metros de altura, um corpo com características humanas mas disforme, com enormes braços e um pênis descomunal.

Segundo diz a crença, ele não faz mal para aqueles que sobrevivem dos manguezais extraindo o caranguejo de forma sustentável, entretanto para aqueles que não respeitam a andada (período de acasalamento da espécie, quando é proibida a extração do crustáceo), a sua vingança é terrível e brutal. Os desafetos do Ataíde são estuprados impiedosamente. É claro que até hoje ninguém se orgulha de ter encontrado o tal fenômeno, mas muitos dizem que por pouco escaparam, porém em muitos casos as vítimas do Ataíde são levadas até a morte e encontradas penduradas nas árvores de mangues.

Fontes: redepara.com, visagento.blogspot, oglobo