Néftis - Deusa da Noite e da Morte

09/12/2018

NÉFTIS ou NEPHTHYS: É a deusa associada aos ritos funerários e a morte. Na Enéade de Heliópolis, ela é filha de Nut e Geb e irmã de Ísis, Osíris e Seth que também era seu marido. Néftis é muitas vezes vista como a mãe do deus Anúbis.

Néftis geralmente é representada como uma mulher, vestindo um longo vestido e em sua cabeça usa um Hieróglifo de seu nome como coroa. Segundo REMLER (2010, p. 131) "Ela aparece nos textos das pirâmides e no Livro dos mortos, mas talvez por ela ter um papel subordinado a Isis, não havia cultos ou templos dedicados a ela. Seu nome significa, "Senhora do Templo" que a associa com o papel de sacerdotisa.

Néftis juntamente com Ísis era vista como a representação dos dois lados (Bem e o Mal), sendo Ísis representando o lado do bem e Néftis o do Mal. Apesar disso, não parece que os egípcios a temiam como uma deusa ruim, já que foram encontrados estátuas dela na cabeceira da cama para ajudar as mães na hora do parto.

É muito difícil diferenciar Néftis de sua irmã Ísis: ambas são chamadas de Deusa Mãe e deusa dos céus, e ambas usam como símbolo a cabeça de abutre e o disco solar, com os chifres do sol na cabeça, ambas são as que distribuem vida plena e felicidade.

Existe muitas confusões a respeito dos maridos: Néftis às vezes é citada como esposa de Osíris, enquanto Ísis é mencionada como esposa de Set; sendo o par Osíris - Néftis citado como os pais de Anúbis que também aparece como filho de Bastet.

As lendas sobre os adultérios entre os deuses, possivelmente, são oriundas do fato de que, em localidades diferentes, os principais deuses tinham companheiros diferentes, assim, a deusa mais importante de uma determinada tribo era denominada esposa do deus, sendo as demais relegadas à posição de concubinas.

Néftis, porém, nunca teve a mesma fama ruim do seu marido Seth, o deus da morte: junta de Ísis, ela lamentou o assassinato de Osíris, e zelou pelo corpo do deus morto. Assim, quando é denominada guardiã dos mortos, é com o significado favorável. Ela preside aos momentos finais da vida, mas para tornar o falecido forte para a sua viagem após a morte. Néftis, junto com Isis, era uma força diante de quem os demônios tremiam de medo, e cujos feitiços mágicos eram necessários para navegar nos vários níveis de Duat, como a região do pós-vida foi denominada.

Néftis também é uma deusa da natureza: se Nut é a deusa do céu, então Ísis e Néftis são as suas duas extremidades, o leste e o oeste, ou o norte e o sul.


Dois lados da mesma moeda


Néftis era sempre colocada junta de Ísis em rituais, pois elas se completavam e não necessariamente eram o oposto uma da outra. Podemos enxergá-la como a vida eterna em transição, um diferente reflexo de uma mesma realidade.

Essa Deusa também acompanhava o Deus Sol Ra em sua jornada pelo céu, porém durante a noite e, principalmente, enquanto ele passava com sua carruagem pelo Duat durante o crepúsculo.

Nas tumbas, Néftis era colocada na parte da cabeça e Ísis nos pés. Apesar de Néftis ser muito importante e representada por todo o Egito, não há nenhum culto específico para ela.



Fontes: Antigoegito, Santúario Lunar, Egitoantigo