Lilim - Os Filhos de Lilith

02/06/2019

Dizem que Lilim são filhos de Lilith segundo o folclore judaico e os ensinamentos cabalísticos. Acreditava-se que Lilith era a manifestação sexual e prazerosa da Deusa, a principal divindade da religião predominante que o antigo judaísmo procurava destruir. Tal folclore disse que Lilith tinha o controle da vida ou da morte de qualquer criança produzida por qualquer união sexual não prescrita pela lei judaica, incluindo marido e mulher à luz de velas, a mulher completamente nua ou em um momento proibido pela lei.

Os Lilim foram concebidos através da união de Lilith e de Samael, o anjo da morte. Lilith se recusou a fornecer qualquer prazer para seu companheiro Adão , o primeiro ser humano, devido ao fato de que ele estar em cima dela ostentava um senso de superioridade para o macho em vez de para o feminino. Lilith foi então expulso do Éden por isso. Lúcifer viu isso como uma oportunidade para produzir um de seus atos infames. Ele persuadiu o anjo Samael a dar a Lilith o prazer que Adão não podia, e provar que a raça dos anjos é muito maior que a dos humanos e é capaz de dar mais do que eles.

Samael obedeceu sob a influência de Lúcifer e fez amor a Lilith, que mais tarde deu à luz Lilim. Quando Deus soube disso, ele destruiu todos os seus filhos, o que irritou muito Lilith antes que ela prometesse matar qualquer criança que fosse concebida através da união sob a lei do casamento. Lilith e Samael foram mais tarde condenados à cova, que mais tarde se tornou o inferno depois que Lúcifer e seus seguidores caíram em desgraça e foram punidos por seus crimes. Apesar de destruídos, os Lilim foram concebidos de novo e nasceram nos abismos do Inferno, que distorciam sua aparência física e depravação.


Outras Informações sobre os Lilim

Os Lilim são geralmente considerados demônios femininos, porém existe uma forma masculina com o nome de Lilu. Lilims fêmeas tem o nome de Lilitu ou Ardat Lilith.

De acordo com algumas versões, Asmodeus seria um filho de Lilith, ou seja, um Lilim.

Dizem que os Lilim também podem ser gerados quando Lilith fica sobre os lençóis de uma cama onde um casal teve relações ou quando ocorre violação por parte do homem ou mulher. Lilith é capaz de capturar qualquer resquício de sêmen ou energia gerada pela violação e produzir sua própria prole, os Lilim.

De acordo com leis judaicas, as crianças que foram concebidas fora do casamento, ou em algum tipo de relação sexual que não fosse aceito (depravação ou relações sexuais de formas mais selvagens), pertenciam a Lilith. Esses regulamentos foram criados para acabar completamente com todo o prazer lascivo entre e marido e mulher e fazer com que relações sexuais fossem estritamente para procriação.

O cristianismo também teve sua regulamentação. A Igreja Católica frequentemente aconselhava seus fiéis a terem relações sob o retrato de Jesus ou da Virgem Maria, e que mantivessem pensamentos religiosos em suas mentes durante o ato. Se não fosse feito dessa forma, o filho poderia nascer com alguma deficiência física para pagar pelo pecado dos pais,


Fontes: demonic-paradise, encyclopedia of demons, themystica.org