Lan Caihe / Lan Tsai-ho (藍采和)- O Deus sem gênero

07/06/2018

Lan Caihe também conhecido como Lan Ts'ai-ho ou Lan Tsai Ho na grafia ociental mais comum (chinês: 藍 采 和; pinyin: Lán Cǎihé; Wade-Giles: Lan Ts'ai-ho) é uma figura mitológica chinesa e um dos oito imortais no panteão taoísta.

Lan Tsai-Ho às vezes é representado como uma mulher e às vezes como uma criança jovem e masculina; ela também pode ser apresentada como um hermafrodita. Ninguém sabe de fato a qual gênero pertence, sua idade e sexo não estão claramente definidos.

Muitas vezes identificada como um mendigo, um ministrel, um saltimbanco, excentrico ou, simplesmente, uma pessoa tola, Lan Tsai-Ho se apresenta como uma pessoa errante, denunciando essa vida fugaz e seus prazeres ilusórios. Ela já foi retratada com um alaúde, flauta, castanholas de bambu ou um par de pratos ( um artefato de Cao Guojiu, também um dos imortais) mas o mais comum é estar carregando uma cesta de flores com plantas associadas à longevidade - crisântemos, flores de ameixa, pêssegos, pinheiros, bambus, etc.

Em suas histórias ela está bêbada ou finge estar, e reúne um grupo de seguidores enquanto canta e atravessa cidades pedindo esmolas e amarrando as moedas recebidas numa corda ou, simplesmente jogando seu dinheiro no chão para os pobres. Por isso ela é vista como uma divindade que abençoa os menos favorecidos.

Quando ainda vivia entre a gente comum, este Imortal era conhecido por usar trapos como roupas, além de um cinto feito de madeira e uma bota em um pé enquanto o outro está descalço. No verão ela usava roupas grossas e um casaco, e no inverno ela fazia sua cama na neve, por isso muitos a identificam como uma ser tolo ou ingênuo. Sua conduta absurda a faz a divindade dos ingênuos e daqueles que querem recuperar sua ingenuidade perdida. O mundo aos olhos de Lan Tsai-Ho é uma grande festa e as preocupações não são necessárias.

Mitologia

Ao contrário dos demais 8 imortais, relatos lendários da vida e dos tempos de Lan Tsai-Ho são bastante escassos. A maioria das histórias só contam que Lan Tsai-Ho ascendeu aos céus mas geralmente é dito que ela estava em um estado de estupor bêbado quando deixou o mundo humano, saindo de uma pousada e andando em um cisne celestial ou numa garça rumando para o céu.

Outra lenda diz que ela se tornou um imortal com a ajuda de Sun Wukong, que transferiu 500 anos de poderes mágicos para ela.

Dizia que ela obteve a imortalidade ao banhar as feras e as feridas de um mendigo, que se acredita ter sido Li-Tieguai (outro dos oito imortais) disfarçado.

Os Oito Imortais

Lan é um dos ilustres Oito Imortais (Ba Xian), um grupo de deidades taoístas/daoistas / folclóricas que desempenham um papel importante na religião e na cultura chinesas. Enquanto eles são famosos por abraçar e ensinar a filosofia taoísta e as práticas de cultivo, eles também são figuras de mitos e lendas populares que são conhecidos por sua devoção aos oprimidos e seu estilo de vida coletivo e leve. Embora eles sejam retratados com maior freqüência e descritos no contexto de seu grupo, cada um tem seu próprio conjunto particular de contos, iconografia e áreas favorecidas.


Fonte : Dezmilnomes