Kuchisake Onaa - A Mulher da Boca Cortada

16/06/2018

Kuchisake-onna (mulher de boca cortada) é a personagem de uma assustadora lenda urbana japonesa, que narra a história de uma mulher desfigurada que vaga pelas ruas do Japão atrás de crianças.

Diz-se que sua descrição mais comum é o de uma mulher muito bonita, alta e com longos cabelos negros. Geralmente aparece trajada com um longo casaco e portando uma enorme tesoura. Todas as versões, no entanto, a retratam usando máscara cirúrgica que lhe cobre a parte inferior do rosto, mais precisamente a boca desfigurada. O uso de máscaras cirúrgicas é comum entre os japoneses, o que deixa Kuchisake-onna passar despercebida entre a multidão.

Contam que a máscara esconde o enorme corte na boca que se estende de orelha a orelha. Algumas versões afirmam que ela possuiu muitos dentes afiados, que são exibidos quando abre o horripilante sorriso.

Quando Kuchisake-onna acha sua vítima, ela pergunta: "Watashi kirei?" (Você me acha bonita?), se a vitima responder "sim", ela retira a máscara e pergunta: "Mesmo assim?".

Na língua japonesa, "kirei" quer dizer bonita e "kire" é o imperativo do verbo cortar, ambas as palavras produzem sons parecidos.

Dizem que antes de a vítima responder a pergunta, Kuchisake-onna arranca a máscara para revelar sua enorme boca cortada, que ao abrir revela seus dentes afiados e uma grande língua vermelha contorcendo dentro da assustadora boca.

"E agora, você ainda me acha bonita?", pergunta a terrível mulher. Se a vítima der "não" como resposta, terá a garganta degolada, e se disser "sim" terá o mesmo fim.

Algumas versões contam que ela mata suas vítimas cortando não só a garganta, mas também a boca, de orelha a orelha, ou separa a cabeça do corpo.

Acredita-se que a única maneira de ter alguma chance de sobreviver é dar uma resposta não comprometedora como, por exemplo: "Você é mais ou menos bonita", o que deixará a Kuchisake-onna confusa, tempo suficiente para a vítima tentar fugir.

Existem diversas versões de como Kuchisake-onna teve a boca cortada. Alguns dizem que foi o resultado de uma cirurgia plástica mal sucedida. Outros contam que ela foi vítima de um terrível acidente de carro. Existe também a versão de que ela é o espírito de uma doente mental que fugiu de um hospício e, de tão demente, cortou a própria boca.


Versões sobre o surgimento de Kuchisake-onna

Conta que, alguns anos atrás em alguma cidade no Japão, vivia uma mulher muito bonita e extremamente vaidosa. Seu marido era um homem muito ciumento e violento. Certo dia, ele ficou convencido de que a mulher o estava traindo e, num acesso de raiva, pegou uma faca e cortou a boca da esposa de orelha a orelha. Depois ele gritou: "Quem agora irá achar que você é bonita?". A partir de então, a mulher se tornou um espírito vingativo e passou a vagar pelas ruas em busca de pessoas bonitas, de preferência crianças, para fazer com elas o mesmo que o marido lhe fez.

Outra versão conta que Kuchisake-onna surgiu no verão de 1979, quando boatos começaram a se espalhar por todo o Japão sobre relatos de uma mulher com a boca cortada perseguindo crianças. A história se espalhou como vento, chegando a deixar diversas cidades do país em estado de alerta. Na época, a polícia aumentou as patrulhas em escolas e pediu aos professores para acompanhar os alunos até suas casas. As crianças passaram a andar somente em grandes grupos, uma ação que perdurou por um longo período.

Em 2004, a Coreia do Sul foi assolada por denúncias sobre uma mulher usando máscara e vestida de vermelho, perseguindo crianças.

Em 2007, um médico legista encontrou alguns registros sobre uma mulher mascarada que perseguia crianças na década de 1970. Posteriormente, esse médico morreu após ser atingido por um carro logo depois do registro ser divulgado. O curioso é que o encontraram com a boca rasgada de orelha a orelha.





Fontes : Creepypasta.wikia, Mundo Nipo, • Livro: Urban Legends and the Japanese Tale | Autor: David Schaefer. Livro: Yurei Attack!: The Japanese Ghost Survival Guide | Autor: Hiroko Yoda