Hun Batz - O Deus Macaco

06/06/2018

Hun Batz e seu irmão gêmeo, Hun Chouen, levavam uma vida boa com a avó. Artistas e músicos, tudo que eles criavam era belo e encantador, mas eles não tinham o talento do pai para o jogo de bola conhecido como Pitz. Convocado pelo submundo, seu pai, Hun Hunahpú, jamais voltou. Ao invés disso, seus descendentes, meio-irmãos de Hun Batz e Hun Chouen, apareceram. Os Heróis Gêmeos eram tudo de que os gêmeos originais não eram. Fortes, atléticos e espertos. Além disso, tinham um dom nato para jogar Pitz.

Uma rivalidade ciumenta se formou entre os dois pares de gêmeos. Quanto mais eles jogavam bola juntos, mais Hun Batz e seu irmão eram derrotados. Eventualmente, eles sucumbiram à tentação de usar truques sujos, táticas agressivas e trapaças descaradas. Frustados com esses golpes, os Heróis Gêmeos chutaram a bola em uma árvore, sabendo que Hun Batz e seu irmão se consideravam excelente escaladores e subiriam lá para pegá-la. Entretanto, quanto mais alto subiam, mais a árvore crescia e os irmãos não conseguiram mais descer. Contentes com sua mágica até então, os Heróis Gêmeos encorajam Hun Batz e Hun Chouen a usarem seus cintos como caudas para escapar da terrível altura. Porém, ao fazê-lo, eles foram transformados em macacos de forma misteriosa e humilhante.

Apesar dos Gêmeos Macacos, como agora são conhecidos, serem adorados como Deuses da Arte e da Música, a animosidade que cultivam contra os Heróis Gêmeos permanece. O tempo apenas afiou a sagacidade de ambos e eles esperam ansiosamente pela chance de revidar. Como qualquer ferida, esse rancor infeccionou e o que era uma rivalidade fraternal se tornou um jogo muito mais mortal.


Cânone

"Um rancor, como qualquer ferida, se não for tratado, infeccionará."


Fontes : Via Sinistra, Mythology & Culture, Andando no limbo, História em Cartaz, Smitepedia