Baron Samedi - O Loa dos Mortos

05/06/2018

Baron Samedi... No Voodoo e Vodou haitiano, é um dos aspectos do Baron, um dos Loa. Ele é o Loa dos mortos, junto com inúmeras outras encarnações do Barão, Baron Cimetière, Baron La Croix, e Baron Kriminel.. Samedi é frequentemente retratado como um homem negro alto e bonito, vestindo um chapéu alto (branco ou preto), um smoking preto e óculos escuros. Ele carrega uma bengala e fuma cigarros ou charutos e às vezes é mostrado com tampões de algodão em cada narina, refletindo a prática de sepultamentos haitiano. Outras representações o mostram com uma aparência mais esquelético, na qual ele tem a cara frequentemente parecida a uma caveira branca (ou de fato tem uma caveira como cara) e fala com uma voz nasal. Ele é o cabeça da Guédé (maior família dos Loa), ou possivelmente o seu pai espiritual. Sua esposa é a loa Maman Brigitte

'Samedi' significa 'sábado' em francês, embora haja etimologia alternativa. Baron Samedi fica nas encruzilhadas, onde as almas dos humanos mortos passam a caminho de Guinee. Bem como sendo o loa sábio da morte, ele é um loa sexual, muitas vezes representado por símbolos fálicos e famoso pela perturbação, obscenidade, deboche, com uma predileção especial para o tabaco e o rum. Além disso, ele é o loa da cura e ressurreição, e nesta última capacidade que ele muitas vezes é invocado por aqueles que estão perto da morte, para cicatrização, já que é apenas o Barão que aceita um indivíduo no reino dos mortos. Ele é considerado um juiz sábio, e um mágico poderoso. Muito além de ser o mestre dos mortos, Baron Samedi é também um doador de vida. Ele pode curar qualquer mortal de qualquer doença ou ferimento, se ele acha que vale a pena. Seus poderes são especialmente grandes quando se trata de Vodu maldições e magia negra. 

Mesmo que alguém tenha sido atingido por um feitiço ancião que os traz para a beira da morte, eles não vão morrer se o Barão se recusar a cavar a sua sepultura. Enquanto este poderoso espírito os manter fora da terra, eles estão seguros de qualquer mazela. Ele também garante que todos os cadáveres apodrecem no chão para prevenir que qualquer alma possa ser trazida de volta como um zumbi. O que ele também pode permitir mas o preço que exige em troca depende de seu humor. Às vezes, ele se contenta com seus seguidores vestindo roupas pretas, brancas ou roxas. Em outras ocasiões pede que usem objetos sagrados, ou ele pode simplesmente pedir um pequeno presente de charutos, rum, café preto, amendoim grelhado, pão.. Mas às vezes o Barão exige uma cerimônia voodoo para ajudá-lo a passar para este mundo afim de cumprir algum de seus objetivos.

Fontes : Medo Sensitivo, Vodu Brasil