Aiwel - O dono da lança

20/08/2018

Um mito do povo Dinka, do sul do Sudão inclui uma série de contos das origens de uma linhagem sacerdotal, estórias que narram as relações entre os conceitos religiosos ou cosmológicos e as estórias políticas do povo tradicional. Os Dinka, como os Shilluk, vivem nas planícies alagadiças do Alto Nilo, uma região dependente das inundações anuais do rio por se tratar de terreno árido que seca muito facilmente provocando a falta de vegetação para o gado. O mito do dono da lança tem diversas variantes. Uma das versões conta a estória de uma mulher que, por não ter filhos, punha em risco a linhagem do marido. Quando ela estava a chorar pela sua esterilidade junto ao rio, foi-lhe dito pelo espírito do rio para que entrasse na água e que deixasse que penetrasse nela. A divindade do rio deu-lhe uma lança, símbolo de que teria um menino. E, na verdade, a mulher ficou grávida e viria a ter um filho a que chamou Aiwel, o qual nasceu já com todos os dentes, o que era um sinal de poder, e desde bebê levou a cabo grandes proezas.

Uma estória narra como ele se levantou do sítio onde estava deitado no chão, pegou em uma cabaça com leite e pôs-se a beber. Surpreendida com esta proeza, a mãe viu-se obrigada pelo filho a manter segredo ou morreria. Ela não conseguiu calar-se e morreu. Nesta estória, a capacidade dos donos da lança está implícita, pois eles são conhecidos pelos seus extraordinários poderes para prever o futuro dos outros, logo na primeira infância.

Os poderes de Aiwel mantiveram-se à medida que foi crescendo. Durante uma seca, fez com que água brotasse do tronco de uma árvore. Em uma outra história, conduziu o gado para os pastos secos fora da aldeia, fez montes de erva e perto deles jorrou água. Após uma seca severa, Aiwel ofereceu-se para guiar as pessoas e os gados para melhores pastagens. Os mais velhos da aldeia não queriam ser comandados por Aiwel e seguiram sozinhos. Quando atravessavam um rio, uma vedação feita de canas - uma espécie de armadilha que os Dinka utilizam para apanhar peixe - barrou-lhes o caminho. Quando tentaram passar por cima, Aiwel apareceu na margem do rio e matou-os a todos atirando-lhes a lança de apanhar peixes.

O dono da lança Aiwel foi o fundador dos grupos de clãs Dinka aparentados pela descendência masculina. Estas estórias combinam as noções de sobrenatural com as origens do povo.

Fontes: Templo de Apolo, DIMOCK,Elizabeth.Mitos do Dono da Lança.in:CHEERS, Gordon.(org.)Mitologia:Mitos e lendas de todo o mundo.Lisboa/PT:Caracter Editora,2011.Cap. 3.p.309